ENDORSER DESDE

  • 2010

MARCAS

BANDA(S)

  • Independente

BIOGRAFIA

João de Castro Pacheco da Cunha nasceu em Paredes. No ano de 1994, foi admitido na Escola Profissional de Música de Espinho. Em Julho de 1997, frequentou o curso de Verão de Percussão e Bateria do Instituto Orff do Porto, leccionado por Jamey Haddad do Berklee College of Music – Boston. No mesmo ano, ingressa na Escola Superior de Música e das
Artes do Espectáculo, onde estuda percussão com o professor Miguel Bernat.

Esteve presente no “Stockholm International Percussion Event”, em Setembro de 1998, onde teve oportunidade de assistir a seminários com percussionistas como: Keiko Abe, Robyn Schulkowsky, Glen Velez, Anders Astrand, Einar Nielsen, Sylvio Gualda, Bob Becker, Fritz Hauser, Leigh Howard Stevens, Evelyn Glennie, Rolf Cato Raade, Dave Samuels e David Friedman.

Frequentou seminários onde trabalhou com Emmanuel Sejourné e Steven Schick. Concluiu, no ano de 2003, a Licenciatura em Percussão com a nota máxima no recital de final de curso. Obteve o prémio de mérito da Fundação Engenheiro António de Almeida. No mesmo ano, ingressa no curso de Jazz/Bateria, na classe do professor Michael Lauren, na mesma instituição, onde viria a concluir em 2006.

Participou em seminários e Oficinas de Jazz com Peter Erskine, Billy Hart, Marc Miralta, Mark Turner, Aron Goldberg, Jason Lindner, entre outros.

Em 2004, incluiu o Sexteto de Jazz da E.S.M.A.E., que foi considerado o melhor ensemble na II Festa do Jazz do São Luiz, o que lhe valeu uma apresentação na XV edição do Festival Galp Jazz, no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, com transmissão directa na Antena 2. Com a Esmae Big Band trabalhou e tocou com Maria Schneider. Trabalhou também, particularmente, com o baterista Eric Harland.

Desde o ano de 2000, tem-se apresentado em concertos, com diversas formações, em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Angola e Brasil.

No campo de Percussão, como membro do grupo Drumming, participou em diversos concertos e festivais, onde efectuou várias estreias de conceituados compositores Portugueses e Internacionais, assim como solista com a Orquestra Nacional do Porto e a Orquestra Sinfónica da Região de Múrcia. Toca também, como músico convidado
com o Remix Ensemble.

Na área do Jazz, participou no Festival de Jazz do Porto, Festival de Jazz de Matosinhos, Festival de Jazz de Guimarães, no CoolJazzFest, com diversas formações. Trabalhou e tocou com: Ivan Lins, Michael Bolton, Antony & the Johnsons, Maria Schneider, Patrícia Barber, Mayra Andrade, Edmar Castañeda, Rick Margitza, Chris Cheek, Bill Carrothers, Phil Grenadier, Glen Velez, Bob Sands, António Serrano, Eric Sevá, André Sarbib, Laurent Filipe, Orquestra de Jazz de Matosinhos, Jacinta, Carlos Azevedo, Massimo Cavalli, Diogo Vida, Luísa Sobral, Miguel Araújo, Os Azeitonas, entre outros.

Em registo, participou em diversas gravações para a Antena 2, participou, como membro do grupo Drumming, na gravação do disco de Bernardo Sassetti “Unreal Sidewalk Cartoon”, na gravação para a edição de “Música Presente, perspectivas para la música del siglo XXI” e na gravação de “Pocket Paradise” do compositor Jesús Rueda para a editora
Diverdi/Anemos em Espanha. Gravou o disco “This is It”, de André Sarbib; “Alegria”, com o quarteto de Diogo Vida; com o grupo Zoe, gravou “Songs from the Borderline” e“Syntomatic”; entre outros trabalhos de estúdio.

No ano de 2005 efectuou um seminário de Bateria e Percussão, juntamente com Miguel Bernat no Festival de Música de Tarragona, Espanha.

Actualmente é professor de bateria no Conservatório de Música do Porto, na Academia de Música de Espinho e na Escola Profissional de Música de Espinho, e professor de percussão no Conservatório do Vale do Sousa. Em 2014 concluiu o Mestrado para o Ensino da Música na Universidade de Aveiro.

Relacionado